NOTA DA ANPUH A RESPEITO DAS ATIVIDADES DO INSTITUTO FILIPE CAMARÃO NO RN

A ANPUH-RN, como órgão representativo dos profissionais da área de História, vem a público esclarecer que não coaduna com as atividades do Instituto Filipe Camarão, que tem promovido várias palestras e mesas-redondas no Rio Grande do Norte, visando a divulgar uma "outra" versão da História, às avessas daquela da Academia. O espaço da Academia, representado sobretudo pelas universidades, é aberto ao debate científico e à multiplicidade de abordagens teórico-metodológicas no campo historiográfico. No entanto, não concordamos com afirmações errôneas e interpretações incongruentes e disparatadas do passado, pseudocientíficas, que promovem a desinformação e a ignorância sobre fatos históricos da História Geral e do Brasil. A ANPUH-RN tem promovido ações afirmativas no sentido de combater o pensamento retrógrado daqueles que defendem um projeto de censura e de inverdades dentro da academia, visando demonstrar o perigo que representa o cerceamento da liberdade de expressão, do diálogo e do debate próprio do ambiente educacional. Para tanto, já organizamos duas jornadas a respeito, contando com a presença do Prof. Dr. Fernando Penna (UFF), e estamos planejando as próximas. É a forma de contribuição à construção do debate científico, que propomos aos professores e estudantes de História e à sociedade potiguar.

Natal, 06 de setembro de 2017

Diretoria da ANPUH-RN

Deixe um comentário